💅🏻😬 De roer as unhas!

PATROCINADO POR

💅🏻😬 De roer as unhas!

Temos uma semifinal definida, todas as duas por cobranças de pênalti. Advinhe quem se deu mal nas quartas contra um adversário europeu? É… Brasil, assim fica difícil te defender!

♣️ truco

Sabe quando você tem o zap na mão e mesmo assim você perde? É a sensação de todo torcedor brasileiro neste dia. Conseguiram o improvável e mais uma vez o Brasil fracassou na Copa.


😭 Modric, Kovacic, Brozovic, Empatite. O Brasil fracassou mais uma vez

📸 Choquei/Twitter

Eu queria aqui escrever sobre o Brasil que venceu a Croácia, que deu show, e que exorcizou de vez o fantasma europeu de eliminações que vêm desde 2006 nos atormentando. Mas, não deu. 

O Brasil vencia por 1 a 0 na prorrogação, mas toma um contra-ataque infantil, deixando a decisão para os pênaltis, na qual perde de maneira inacreditável e cai mais uma vez contra um europeu nas Quartas.

Mais uma vez, diante de um amarelo que desta vez não inspirou o mesmo orgulho de outrora, o Brasil, com o perdão do trocadilho, amarela diante de uma seleção europeia, que assim como a Bélgica na última copa, apesar de ter uma geração boa, não é nem de longe uma potência como as que imaginamos enfrentar numa hipotética final contra França, Inglaterra ou Portugal

É o Brasil mais uma vez enxergando o céu, sem ao menos colocar os pés no chão e esquecer que a bola é nosso aliado, não inimigo.


⌚️ 90 minutos de altos e baixos com Modric protagonista

📸 Modric/Twitter

O Brasil foi à campo com a mesma escalação do último jogo. Danilo começou improvisado pela lateral esquerda e Éder Militão como lateral direito

Logo nos primeiros minutos, já se notava que o jogo não seria nada fácil como não acabou sendo. Parecia que o Brasil estava com delay, enquanto a Croácia, estava uns milésimos de segundo adiantado toda vez que a Seleção de Tite tentava roubar a bola

Apesar disso, as finalizações não eram com muito perigo, até porque o objetivo claro deles não era vencer o Brasil nos 90 minutos, mas sim cansar de alguma forma os jogadores canarinhos. 

Dito isso, as melhores chances no jogo aqui foram quase que amplamente criadas pelo time brasileiro, que apostava na velocidade dos seus pontas. No entanto, essa alternativa foi totalmente contornada pelos croatas, que controlaram o jogo tendo Modric como absoluto maestro do meio campo

Ele estava em todos os espaços e cadenciava o jogo como ninguém. Quer números? O craque da camisa 10 teve um índice de 91% de precisão nos passes. Impressionante!

No segundo tempo, o Brasil voltou um pouco mais agressivo, mas ainda demonstrava dificuldades de se impor na partida. O meio-campo brasileiro estava sendo devorado pelo trio croata de meias. O que Tite fez? Tirou Vini Jr, o jogador que participou de 5 dos 7 lances de gol do Brasil na Copa para colocar Rodrygo e colocar Antony no lugar do previsível Raphinha

As substituições, apesar de terem dado fôlego pelas pontas, foram mera troca de peças. O sistema de jogo continuou o mesmo e o meio-campo continuava sendo amplamente dominado pelos croatas. Mais adiante, Tite tirou Richarlison, para colocar Pedro.

Mais uma troca nível seis por meia-dúzia. Os 90 minutos foram cozinhados com sucesso e a receita de bolo parecia óbvia, se o jogo fosse para os penais, a vantagem seria totalmente croata.


Golaço de Neymar, displicência no segundo tempo da prorrogação e castigo nos pênaltis

Nos 15 primeiros minutos de prorrogação, a tônica do jogo era a mesma. A Croácia só iria pra cima se valesse muito a chance. Caso contrário, iria tocando dali, tocando de lá. Olha que quase marcou com Brozovic, em boa jogada de Petkovic, que não é o sérvio, mas que serviu o bom meia croata que desperdiçou nos 10 minutos do tempo extra. Neymar, após o lance, não gostou nada do que viu e chamou a atenção do time.

Nada dava certo para o Brasil, mas aí surge o craque: Neymar caminha no meio-campo, faz tabela com Rodrygo e passa para Paquetá que devolve ao camisa 10 para driblar para a direita, ajeitar e finalizar para o gol sem goleiro. Golaço, que seria o mais importante da história do jogador, já que é o seu oitavo em copas, se igualando, nas contas da Fifa, a Pelé, com 77 gols como o maior artilheiro da Seleção.

Fomos para o segundo tempo da prorrogação. Tite fez mais duas alterações questionáveis. Tira Militão, um dos melhores da defesa, para colocar Alex Sandro que voltava de lesão e Fred no lugar de Paquetá. A ideia de Tite era manter o esquema, mas privilegiando a defesa, já que com Fred, o Brasil teria dois volantes em linha e Neymar solto na criação.

Só que os jogadores abraçaram o discurso do “saber sofrer”. Se abdicaram do jogo e acharam uma ótima ideia dar a bola para quem tem domínio dela, que por sinal, ficou com 71% de posse de bola no segundo tempo, de acordo com o SofaScore.

Assim, Modric e sua turma agradeceram. Eles precisaram de um único contra-ataque para levar para os pênaltis e num vacilo de Casemiro e de Danilo, Petkovic fez o gol do empate aos 10 minutos do segundo tempo. No último minuto, o Brasil teve mais uma chance, mas o bom goleiro Livakovic estava lá para conferir.

Fomos para os pênaltis e o show de horrores continuou. Tite coloca o Neymar como último cobrador. No entanto, isso só faria sentido se houvesse última batida. Resultado: o Brasil morreu com o “Zap” na mão por ter iniciado mal na disputa com o iniciante Rodrygo e perdido a última com o experiente Marquinhos na quarta cobrança

Mais uma eliminação confirmada e o sonho do Hexa, ao menos em 2022, se encerra por aqui, assim como a desastrosa e decepcionante campanha de Tite como treinador da amarelinha, com duas eliminações nas quartas contra seleções do segundo escalão europeu. Bizarro.


🇦🇷 Argentina semifinalista!

Se o Brasil não jogou para merecer a classificação, a Argentina, por sua vez, mostrou que não tem medo de enfrentar seleções europeias e venceu a Holanda nos pênaltis, sendo o único sul-americano semifinalista da Copa.

O treinador Scaloni mudou o jeito da Argentina jogar para se adaptar à eficiente seleção da Holanda. Como não podia contar com Di Maria mais uma vez, o jeito foi dar liberdade aos laterais e colocar três zagueiros em campo. 

Isso deu certo resultado. Afinal, os laterais participaram de lances capitais da Argentina. Molina fez o gol com assistência do camisa 10 argentino e Messi cobrou pênalti com categoria após o outro lateral, Acuña ser derrubado na área no segundo tempo.

2 a 0 e vaga bastante encaminhada, certo? Bom, o grandalhão Weghorst, que entrou no segundo tempo, discordou. Ele diminuiu aos 82 e no último lance protagonizou um dos momentos mais legais nesta Copa.

Koopmeiners, numa cobrança de falta perigosa para a área argentina, de frente para o gol, no último minuto, tocou curto para Weghorst marcar o gol de empate, de modo inusitado, colocando fogo no jogo.

Na prorrogação, o jogo estava aberto. Mas, de um modo geral, a Argentina se deu melhor, ainda mais com a entrada do endiabrado Di Maria no lugar de Lizandro Martinez. Scaloni colocou sua seleção para o tudo ou nada e arrancou bons suspiros das arquibancadas com as inúmeras chances criadas. 

No entanto, o jogo foi para os pênaltis e diferentemente do jogo do Brasil, os sul-americanos foram mais felizes do que os europeus no confronto, tendo duas cobranças defendidas pelo goleiro Emiliano Martinez que saiu com estilo, provocando os rivais e eliminando assim a Laranja mais mecânica de todas em 4 a 3. Jogaço!


⚽️ jogos da rodada

Sábado

📺 Portugal x Marrocos – 12h – Globo/Globoplay/Fifa+/SporTV

📺 França x Inglaterra – 16h – Globo/Globoplay/Fifa+/SporTV


⏱️ acréscimos

🔟 Vai se aposentar da Seleção?  Neymar deixa futuro indefinido sobre Copa do Mundo em 2026, “não garanto”.

🤬 Ele ficou pistola! Craque Neto “surta” ao vivo e xinga Tite após desclassificação do Brasil na Copa.

🔊 Fala, Galvão! Narrador Galvão Bueno lamenta eliminação e critica Tite e Thiago Silva.

🔙🛫 De volta! Sterling retorna ao Catar após viver drama pessoal e já treinou com Inglaterra.


🏁 até sábado

Não importa se é final ou meio de semana, se é segunda ou domingo, se o campo é de terra batida ou se o gramado da realeza é verde. Aqui no OLÉ FC, respiramos futebol e você está convidadíssimo para saber o que está rolando de mais interessante no planeta bola.

Se gostou deste email, mande para aquele seu parça de pelada que não perde um jogo por nada nesta vida. Ah e sempre que tiver uma sugestão, pode mandar para a gente incluir, tudo bem?

Somos pontuais e chegamos a sua carta de entrada por volta das 11:11 das segundas e sextas. Caso o nosso conteúdo tenha dado aquele famoso drible da vaca, confira na sua caixa de spam e/ou promoções sempre que não nos encontrar na caixa de entrada.


Publicado originalmente em https://br.ole.football em 9 de Dezembro, 2022.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Todos os dias, às 11:11 no seu email

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Todos os dias, às 11:11 no seu email

🇩🇪 Baile alemão em pleno carnaval

O Leverkusen de Xabi Alonso colocou o Bayern de Munique na roda e está mais próximo do título do que nunca. Teve também a goleada do Real sobre o Girona, a vitória do Timão no Paulistão e mais.

Segundas e quartas,
às 11:11 no seu email

Times Nacionais

Times Internacionais

OLÉ FC