🇫🇷 Allez les bleus

PATROCINADO POR

🇫🇷 Allez les bleus

A França não faz grande jogo, mas ainda assim, está na final contra a Argentina após superar não só a valente, mas o esquadrão bem treinado de Marrocos.

😢 não foi desta vez

Hoje, quase que o Cuscuz marroquino aprontou das suas contra o Petit Gateau. No duelo tático, mesmo com Marrocos melhor, prevaleceu a técnica francesa.

O dia em que a técnica falou mais alto do que a tática

Hoje foi o confronto “Davi e Golias” da Copa do Mundo. A França enfrentou Marrocos nas semifinais do Catar e venceu, mesmo sem convencer muito, a seleção mais desafiadora taticamente deste campeonato por 2 a 0

É uma pena pela história da seleção marroquina e pelo que ela apresentou taticamente neste e em outros jogos, mas quem detinha o poderio da técnica ofensiva prevaleceu no jogo. Mas, quem sabe numa próxima, né Marrocos?


Gol inesperado da França

📸 Equipe de France/Twitter

Sabe aquele ditado “em time que está ganhando, não se mexe”? Pois é, em muitos casos no futebol, qualquer alteração pode ser capaz de fazer um estrago daqueles e dependendo da demora do conserto, a vaca vai para o brejo muito cedo.

O técnico de Marrocos, Regragui, que ainda assim se mantém como o grande técnico desta Copa, alterou o 4-1-4-1 da sua equipe para um 5-4-1, por colocar mais um zagueiro na sua equipe, temendo dar qualquer espaço para homens rápidos, técnicos e fortes como Mbappé e Dembelé.

No entanto, com essa alteração, Marrocos perdia uma vantagem em relação a outros jogos em que se sagrou vitoriosa até aqui: a ausência de um volante solto entre as linhas de quatro

Amrabat, que foi o destaque positivo da equipe tanto na destruição quanto na retomada desta posse de bola com rapidez e qualidade para os seus rápidos pontas, estava preso a essa linha, tornando a marcação do time um tanto quanto previsível para um time tão experiente quanto o da França.

Qualquer pecado se torna fatal. Logo aos cinco minutos de jogo, num bote errado do terceiro zagueiro pela esquerda, Yamiq, Griezmann fica livre e rola para Mbappe que tem o chute travado, na segunda vez, o canudo foi disparado e no desvio, Theo Hernandez faz o gol, sem chances para Bono.


😵 Marrocos morto? Que nada! 

Com o placar aberto pelos favoritos, o normal a se pensar é que o jogo acabou ali. Mas, Marrocos, foi pra cima apostando nos pontas e meias talentosos. Aos 9 minutos, Ounahi dá o recado num belo chute de longe, exigindo excelente defesa de Lloris. Aos 17, Boufal faz boa jogada e toca para Ziyech que desperdiça mais um chute. 

No lance seguinte, a França, em jogada rápida, quase marca o segundo, com o chute de  Giroud na trave. Após o lance, Regragui faz a alteração logo no primeiro tempo, retornando ao antigo sistema com dois zagueiros e um volante entre as linhas de quatro. Saiss pede para sair para a entrada do meia-ofensivo Abdullah.

Mas quem ataca é a França, com Mbappé que tira de Bono, o zagueiro marroquino afasta a bola do gol. O perigo ainda continua com bola longa e Giroud desperdiçando a chance com o gol aberto praticamente.

Após o lance, Marrocos vai aos poucos reequilibrando a partida. Aos 43 minutos, quase faz o impossível. Yamiq por pouco não se redime ao executar uma bicicleta perfeita após cobrança de escanteio. Lloris faz outra grande defesa e a trave ajuda.


⚽️ França pena no segundo tempo, mas liquida a vaga com segundo gol

A tônica do segundo tempo foi a mesma do final do primeiro. Marrocos com a posse de bola, tentando achar caminhos pelo lado esquerdo da defesa francesa para chegar ao gol de empate e a França tentando fechar os espaços para assim roubar a bola e descer em peso para o contra-ataque forte com Mbappé e Dembelé pelos lados.

Parecia inacreditável, mas Marrocos até os 68 minutos colocou a França na roda. O time de Deschamps estava facilmente marcado pelos lados, Mbappé e Dembelé não tinham saídas fáceis de contra-ataque. O time marroquino sabia surpreendentemente controlar o jogo e criar situações de perigo. O único problema foi a finalização que não era precisa.

Percebendo a fragilidade pelo lado de campo, Deschamps resolve dificultar a saída de bola marroquina pelos lados, colocando Thuram no lugar de Giroud e Kolo Muani no lugar de Dembelé. Ambos são fortes atacantes e foram colocados pelos lados do campo, obrigando Mbappé a se centralizar.

Com as modificações, a França retomou o ritmo do jogo e foi acumulando chances até que numa roubada de bola Thuram deixa para Mbappé, que dribla Amrabat e mais dois marroquinos na grande área e toca para Kolo Muani fazer o segundo gol do alívio, consagrando uma geração poderosa.

Nos acréscimos, Marrocos conseguiu ainda duas boas chances, mas o emocional abalado e a falta do físico, tão exigido nesta fase da Copa, cobraram o seu preço. Por fim, França na quarta final, desta vez, contra a Argentina, de Messi. 

E, Marrocos, por sua vez, sai de cabeça erguida para a disputa do terceiro lugar contra a Croácia, porque é muito mais do que um time valente como muitos tentam pinçar. Regragui entrou para a história ao colocar uma seleção africana nas semi por total competência tática que inacreditavelmente desafiou seleções fortes em sequência. Isso sem falar da sua torcida imensa, apaixonada e que está orgulhosa de seus históricos jogadores

Quem não chorou com eles no final do jogo, coração não tem.


⚽️ jogos da rodada

Sábado

📺 Croácia x Marrocos – 12h – Globo/SporTV/CaséTV/Fifa+

Domingo

📺 Argentina x França – 12h – Globo/SporTV/Fifa+/CaséTV


⏱️ acréscimos

🚨Retorno? CR7 treina no Real Madrid e especulações sobre negociações com os Merengues surgem.

🍿 Treta à vista! Neto rebate Ronaldo após comentários sobre “disseminação de ódio” e ameaça contar podres do ex-camisa 9.

🥱  Não tinha como faltar. Música cantada no vestiário argentino tem provocação à Seleção Brasileira.

🤕 Nocaute! Mbappé “nocauteia” torcedor na arquibancada com bolada e pede desculpas ali mesmo.


🏁 até domingo

Não importa se é final ou meio de semana, se é segunda ou domingo, se o campo é de terra batida ou se o gramado da realeza é verde. Aqui no OLÉ FC, respiramos futebol e você está convidadíssimo para saber o que está rolando de mais interessante no planeta bola.

Se gostou deste email, mande para aquele seu parça de pelada que não perde um jogo por nada nesta vida. Ah e sempre que tiver uma sugestão, pode mandar para a gente incluir, tudo bem?

Somos pontuais e chegamos a sua carta de entrada por volta das 11:11 das segundas e sextas. Caso o nosso conteúdo tenha dado aquele famoso drible da vaca, confira na sua caixa de spam e/ou promoções sempre que não nos encontrar na caixa de entrada.


Publicado originalmente em https://br.ole.football em 14 de Dezembro, 2022.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Todos os dias, às 11:11 no seu email

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Todos os dias, às 11:11 no seu email

🇩🇪 Baile alemão em pleno carnaval

O Leverkusen de Xabi Alonso colocou o Bayern de Munique na roda e está mais próximo do título do que nunca. Teve também a goleada do Real sobre o Girona, a vitória do Timão no Paulistão e mais.

Segundas e quartas,
às 11:11 no seu email

Times Nacionais

Times Internacionais

OLÉ FC